25 de agosto de 2014

Reiki

Quero registrar aqui como tem sido a minha experiência com a energia Reiki.

A primeira vez que ouvi falar sobre essa prática (e prestei atenção) foi numa troca de e-mails com uma familiar chamada Rebeca (obrigada!). Ela me disse que, nas horas extras, trabalhava com terapias complementares como a Auriculoterapia e o Reiki. Sobre este último, me informou que, parar usá-lo, eu deveria antes ser iniciada por um mestre, a fim de abrir os canais energéticos que se encontram no sétimo Chakra, convertendo-me em um canal entre a energia universal e o paciente; sem isso, a energia que se passa ao paciente é a sua própria energia. Rebeca acredita que as terapias alternativas são a medicina do futuro, sem tantos fármacos químicos que fazem bem para uma coisa e mal para outra. Concluindo seu e-mail, Rebeca me enviou um manual em espanhol sobre a prática Reiki.


E eu, tomada por uma curiosidade absurda por esse tema que, sinceramente, nunca havia sido alvo do meu interesse, devorei o tal manual. Foi o momento teórico da minha experiência. Pesquisei um pouco por aí e vi o quanto divide opiniões, como quase tudo nesse mundo. Tenho um amigo prestes a se formar em Medicina que é definitivamente cético quanto a esse tipo de terapia, e também uma amiga estudante de Veterinária que quer utilizar Reiki para tratar os bichinhos. E eu, o que acho? Fascinante, mas ainda explorando...

Vou traduzir e transcrever alguns trechos do início do manual que me marcaram especialmente:

"A medida que a ciência progride com relação ao conhecimento e funcionamento do nosso corpo físico, mas necessário se faz reformular-se e estudar o homem como um todo.

A Medicina convencional está alcançando um desenvolvimento fantástico a cada dia, contribuindo de forma extraordinária a aumentar a qualidade de nossa expectativa de vida.
Ao mesmo tempo, o corpo humano deve ser compreendido como um todo, incluindo o significado das teorias expostas por Albert Einstein, que já foram introduzidas no meio acadêmico, a fim de que tratemos o corpo humano de forma holística.
As teorias energéticas ou vibratórias estão conquistando seu espaço entre a classe médica, apesar de ainda não estarem vinculadas, oficialmente, com a Medicina tradicional.
Seminários de Reiki estão sendo dados em todo o mundo, a um número cada vez maior de profissionais médicos, que tratam de aprender o método Reiki com o fim de canalizar a energia curativa para complementar o tratamento convencional.
A terapia energética ou vibratória não substitui a Medicina convencional, assim como a medicina convencional não substitui a terapia energética; cada uma atua em campos diferentes do mesmo ser humano. Ambas coexistem e se complementam no intuito de melhoras as condições de vida do ser humano no Universo. (...)

Reiki é uma palavra japonesa que significa energia vital universal; na atualidade, essa palavra está sendo utilizada para identificar o Sistema Usui de Cura Natural (Usui Shiki Ryoho), nome dado em homenagem ao seu descobridor, Mikao Usui.

Rei significa universal e se refere à parte espiritual, à essência energética cósmica, que interpenetra todas as coisas e circunda todos os lugares.
Ki é a energia vital individual que rodeia nossos corpos, mantendo-nos vivos, e está presente, fluindo, em todos os organismos vivos; quando a energia Ki sai de um corpo, esse corpo deixa de ter vida.
O Reiki é um processo de encontro dessas duas energias: a energia universal com a nossa porção física, e ocorre depois de a pessoa ter sido submetida a um processo de sintonização ou iniciação no método, feito por um mestre capacitado.
O Reiki é uma energia semelhante a ondas de rádio, e pode ser aplicada com eficácia, tanto localmente como à distância; não é como a eletricidade, não produz curto-circuitos, não destrói os nervos nem os tecidos mais frágeis. É uma energia inofensiva, sem efeitos secundários, sem contraindicações, compatível com qualquer tipo de terapia ou tratamento. É prática, segura e eficiente, e, por meio da técnica, equilibra os sete chakras ou centro de força sutil da energia, localizados entre a base da coluna e a parte superior da cabeça.
Quando fazemos uso da energia Reiki, estamos aplicando energia-luz, tratando de recuperar e manter a saúde física, a mental, a emocional e a espiritual; é um método natural de equilibrar, restaurar, aperfeiçoar e curar os corpos, criando nele um estado de harmonia do ser."

Algumas semanas depois de ter concluído a leitura, decidi procurar um lugar que oferecesse o curso e a iniciação para o nível 1. Fiquei surpresa de ver que até no SENAC tem Reiki! Não sei, talvez porque eu imagine os cursos do SENAC voltados essencialmente pro mercado e até então minha ideia de Reiki ainda não concebia sua associação com formas de ganhar dinheiro. Mas é.

E foi só então que comecei a reparar quantidade de lugares que estão oferecendo também as sessões de Reiki. O instituto que escolhi foi o Instituto Luz, onde tem ainda psicoterapia, cromoterapia, hipnose e regressão, cursos de programação neurolinguística, coaching e muitos outros. Acho que foi a quantidade de opções oferecidas que me levou a escolhê-lo, algo assim. Paguei R$ 224,00 pela iniciação no nível 1, que aconteceu no dia 17 de agosto. Vou fazer aqui uma espécie de diário para descrever o meu percurso:

17 de agosto de 2014 - Iniciação no Nível 1

O instituto fica perto da Estação Santa Cruz do metrô. Acordei às 6h e cheguei lá por volta das 8h15. Como ainda era um pouco cedo para entrar, fiquei dando umas voltas pela região, que era bonita e arborizada. O dia estava cinzento e úmido. Entrei às 8h30, e até às 9h tivemos um tempinho para tomar um café da manhã. 

Todos recebemos uma apostila. Alguns alunos eram no nível 1, outros do nível 2 e outros do nível 3. No início, ficamos todos na mesma sala. Para ativar os sentidos e sintonizar-nos na mesma energia, recebemos uma espécie de azeite no topo na cabeça, um creme para passar nos punhos e um líquido que não sei dizer o que era debaixo da língua. Tivemos um workshop com o professor durante toda a manhã. Primeiro foram chamados os alunos do nível 3, depois do 2, e por fim nós, do nível 1, para a iniciação. 

Tiramos os sapatos e entramos numa salinha pequena e agradável com uma janelinha lateral. Sentamos e colocamos as mãos unidas junto ao peito, de olhos fechados. A iniciação levou menos de cinco minutos para cada um, e eu pude sentir algo bem diferente acontecendo comigo, mas não posso afirmar que eu tenha sentido uma "energia". 

À tarde, almoçamos e continuamos com o curso. Aprendemos sobre os chakras, sobre as posições de aplicação e outras coisas. Tudo terminou às 18h. Saí cansada, com a cabeça um pouco zonza, talvez pelo trabalho energético que foi feito em mim, ou, o que é mais provável, por ter passado tanto tempo fechada numa sala de aula. Ou as duas coisas juntas. 

Segunda-feira, 18 de agosto de 2014 - Dia 1 da purificação

Durante 21 dias é necessário fazer a autoaplicação do Reiki todos os dias e evitar alimentos muito carregados em toxinas, como carne vermelha. 

Nesse dia, tentei levantar mais cedo para fazer logo ao acordar, mas a cama não me permitiu. Dormi mais um pouco, fui para a academia, fiz step e alongamento, e só então voltei para fazer a autoaplicação. Como era a primeira vez, estava ansiosa e empolgada. Tive que consultar a apostila para me lembrar das posições. Senti um bem-estar bem leve durante a aplicação. Senti algo acontecer enquanto aplicava na primeira posição da frente (região do peito), que trabalha o coração, os sentimentos, reduz o estresse, desenvolve amor e serenidade. De olhos fechados, sentia uma espécie de elevação, bem sutil. Foi bom ter feito depois dos exercícios.

Terça-feira, 19 de agosto de 2014 - Dia 2 da purificação

De manhã. Fiquei um pouco agitada e não conseguia me concentrar. Queria que terminasse logo.

Quarta-feira, 20 de agosto de 2014 - Dia 3 da purificação

De manhã. Fiz exercícios de respiração para não me desconcentrar, mas não senti nada de mais.

Quinta-feira, 21 de agosto de 2014 - Dia 4 da purificação

De manhã. Decidi começar a aplicar simultaneamente com alongamento. Consegui me concentrar e, quando terminei, me sentia muito bem.

Sexta-feira, 22 de agosto de 2014 - Dia 5 da purificação

Não fiz de manhã porque não tive tempo e de noite, quando tinha tempo, não tive pique. Vacilei ):

Sábado, 23 de agosto de 2014 - Dia 6 da purificação

Fiz pela tarde. Comecei a ouvir Tycho para aplicar. 

Domingo, 24 de agosto de 2014 - Dia 7 da purificação

De manhã. Nada novo.

De 25 a 27 de agosto de 2014

Um pouco de inquietação durante a aplicação.

Quinta-feira, 28 de agosto de 2014 - Dia 11 da purificação

De manhã. Fiz alguns movimentos leves do pilates durante a aplicação e, apesar de não ter sentido nada diferente durante, me senti disposta, calma e bastante feliz depois de terminar. Às vezes sinto um formigamento nas mãos, que não sei dizer se é pela energia ou por ficar muito tempo na mesma posição.

Até agora tem sido fácil não comer carne vermelha. Apesar de quase todo dia ver carne na geladeira ou no fogão, não sinto vontade. Minha mãe está preocupada, acha que vou virar vegetariana. Não é o plano, mas, sinceramente, meu corpo não tem reclamado de nada até agora. Pelo contrário: me sinto ótima e saudável na maior parte do tempo. 


Sexta-feira, 29 de agosto de 2014 - Dia 12 da purificação

Fui para a academia dançar logo cedo. Depois, terapia, e então voltei para casa. Fiz a aplicação com movimentos de alongamento e pilates, o que continua facilitando a minha não dispersão. Senti um formigamento nas mãos enquanto aplicava nas têmporas. Nas últimos posições, fiquei para assistindo a isto:


Foi ótimo... Acho que logo, logo chego lá.

Sábado, 30 de agosto de 2014 - Dia 13 da purificação


Apliquei quietinha, de manhã, ouvindo Tycho.

Domingo, 31 de agosto de 2014 - Dia 14 da purificação


Não fiz... Devo compensar.


Segunda-feira, 1º de setembro de 2014 - Dia 15 da purificação



Apliquei depois de exercícios na academia, de manhã. Fazendo alongamento.

Terça-feira, 2 de setembro de 2014 - Dia 16 da purificação



Apliquei depois de exercícios na academia, de manhã. Senti muito sono, não fiz por completo.

Quarta-feira, 3 de setembro de 2014 - Dia 17 da purificação



Apliquei de manhã fazendo um pouco de alongamento, mas nos minutos finais fiquei quietinha, apenas pensando. Consegui me aprofundar nos meus próprios pensamentos, ouvindo golfinhos. Apesar disso, ainda é um pouco difícil manter o corpo e a mente relaxados durante toda a aplicação, sem pensar em nada que não seja a própria prática. Planejo começar a praticar meditação assim que passar o período de purificação. Também quero pesquisar com mais detalhes sobre toxinas. Continuo não sentindo falta de carne vermelha. Os exercícios físicos, aliados ao Reiki, a uma alimentação mais saudável e à terapia, me mantém lúcida e calma a maior parte do tempo, mas às vezes ainda sinto alguma inquietação. Pensando bem, agora, talvez a ansiedade que eventualmente senti nos últimos dias seja parte do processo de purificação, porque fazia muito tempo que eu não sentia... Tomara, né? Que eu esteja apenas botando pra fora de mim, como uma limpeza das coisas que não quero mais.

Quinta-feira, 4 de setembro de 2014 - Dia 18 da purificação


Apliquei de manhã e, como havia feito bastante exercício antes, estava bem relaxada e não me mexi enquanto aplicava.

Sexta-feira, 5 de setembro de 2014 - Dia 19 da purificação


Apliquei depois da terapia, ouvindo Tycho outra vez. Fiz um pouco de alongamento (meu corpo pedia!), mas não consegui me concentrar direito. O ápice foi enquanto aplicava no peito: minhas mãos vibraram. Sinto desconforto ao aplicar nas costas, por isso acabo evitando e me focando mais nas regiões frontais. 

Sábado, 6 de setembro de 2014 - Dia 20 da purificação


Apliquei de manhã, antes de ir pro Escreve Cartas.

Domingo, 7 de setembro de 2014 - Dia 21 da purificação


Hoje seria o último dia da purificação, mas como deixei de aplicar três dias (contando hoje), vou estender por mais esta semana.

Segunda-feira, 8 de setembro de 2014 - Dia 22 da purificação (+1)


Pela primeira vez, experimentar aplicar sentada numa cadeira. Gostei do resultado. 

Terça-feira, 9 de setembro de 2014 - Dia 23 da purificação (+2)


Fiz de manhã, deitada e quietinha, e senti MUITO sono, excessivamente. 

Quarta-feira, 10 de setembro de 2014 - Dia 23 da purificação (+3)


De manhã, deitada e quietinha, sem dispersão. Calma e bem-estar depois da aplicação.

Quinta-feira, 11 de setembro de 2014 - Dia 24 da purificação (+4)


Bom, hoje completei 21 dias de autoaplicação. Escutei este som aqui, muito bom. Não tive nenhuma das reações "adversas" do período de purificação. A única coisa que senti foi um sono excessivo algumas vezes, mas não sei se pode ter a ver.  

Sexta-feira, 12 de setembro de 2014 

No Instituto Luz, todas as sextas, há ambulatório de Reiki das 14h às 20h, gratuito. Basta apenas levar um pacote de café ou lata de leite em pó. Como terminei a "purificação" esta semana, decidi completar o ciclo recebendo uma sessão de Reiki de profissionais. Cheguei às 19h20, o atendimento foi imediato, três rapazes me aplicaram ao mesmo tempo. Senti meu corpo energizado como não havia sentido em nenhuma das vezes em que me autoapliquei, o que me evidenciou que i) funciona; ii) eu ainda preciso praticar MUITO. A questão é que, quando outra pessoa me aplica, eu consigo relaxar imediatamente. Quando sou eu mesma, perco bastante tempo inquieta e sem conseguir me concentrar. 

Além disso, voltei a comer carne vermelha, pois era o que tinha de almoço (macarronada) em casa. Ainda não estou bem certa sobre o que fazer quanto a isso. Atualmente não tenho planos de virar vegetariana principalmente pelas implicações práticas dessa escolha. Gostaria, sim, de reduzir o consumo de carne vermelha lentamente, mas não sei sobre peixe e frango... 

Sábado, 13 de setembro de 2014 

Apesar da alentadora sessão de Reiki de ontem, hoje senti uma ansiedade esquisita, um vazio, um tédio, tudo ao mesmo tempo. Uma amostra da terrível angústia que me perseguia no ano passado. Foi por pouco tempo, e quero acreditar que talvez meu corpo esteja "expurgando" essa sensação de mim, como supus que aconteceria durante o período de "purificação". Será que meu espírito considera hoje meu 21ª dia? Pode ser... Tomara!

Quarta-feira, 24 de setembro de 2014 

Apliquei um pouco na região frontal e senti uma energia forte nas mãos.