1 de julho de 2012

Escritores portugueses

O presente trabalho pretende estabelecer uma breve análise comparativa sobre como a história e o contexto histórico são articulados em dois romances portugueses de períodos bastante distintos: Eusébio Macário, de Camilo Castelo Branco, e História do Cerco de Lisboa, de José Saramago. Trabalho final da disciplina Literatura Portuguesa III, com o professor Paulo Motta, no primeiro semestre de 2012.

INTRODUÇÃO

Visamos ressaltar as diferenças no manejo da história presente no interior de cada trama. Em Eusébio Macário, observaremos como o próprio narrador lida com a questão histórica, motivado pela paródia que se propõe a fazer dos romances realistas. Já em História do Cerco de Lisboa, não consideraremos o narrador propriamente dito, mas o protagonista Raimundo quando ganha a voz dentro da narrativa e a sua forma de trabalhar o tema. Para tanto, será inevitável explicitar o contexto histórico em que cada enredo se insere.